Escolha uma Página

Fala galera!

A terceira edição de registros pessoais de nosso vocalista, João Castilhos

v. 01 ed. 03 

Progresso contínuo aqui no estúdio. Para nosso primeiro single, “Revenge”, conseguimos finalizar em termos de gravação. ‘Bora pra mixagem agora. No entanto, o trabalho na gravação está a todo vapor. Gravamos o scratch track para o single “Just Might Be True” no dia 10 de maio, e uma semana depois, gravamos o Guilherme na bateria para a mesma música.

“Mas o que é um scratch track?”

Basicamente, um scratch track é, digamos, uma gravação informal que serve como um guia para o baterista. Todos os outros integrantes da banda (voz, guitarra, contra baixo) gravam a linha conforme o metrônomo pede. Nós estudamos para determinar a melhor medida de batidas por minuto (BPM) de acordo com a maneira que a música foi composta originalmente, e juntamos isso com nosso entendimento de BPM para músicas “populares” que tem mais ou menos a mesma levada.

Nesta gravação primordial, o metrônomo é o que nos guia. Todos os músicos, menos o Guilherme, participam neste processo, pois a ideia é de entregar uma faixa semi-acabada que ele consegue escutar quando for gravar a primeira linha de verdade da música. Desta forma, ele não grava “às cegas”, pois terá o feeling da música para saber quando precisa tocar com mais intensidade, quando tocar mais suave, etc.

Verifiquem o processo de gravação, temos uma entrevista exclusiva com o Guilherme para você abaixo.

 

Como sempre, o restante da banda chega no estúdio. O Jimmy veio às 19h00 para preparar a bateria, que inclui a afinação. Eu ainda estava dando aula, mas a galera, sem falta, chega, e começamos os trabalhos. Jimmy e Justin estavam afinando os equipamentos de gravação; Guilherme estava esquentando o corpo na sala de gravação na bateria, onde os microfones estavam todos posicionados d eacordo com as especificações do Jimmy… todas definidas após de muito estudo. Todo este tempo tem, certamente, levado à qualidade aprimorada no som. O Daniel estava tomando conta dos lives no Instagram e Facebook, documentando todo o processo para mídia social para que nossos fãs pudessem participar.

Quanto a mim, eu não estava fazendo muita coisa. As vezes eu ajudo com a parte de mídia social, mas nesta ocasião, fiquei de boa, na minha, pegando água para a galera, limpando onde eu podia, etc. Sou o último a gravar na sequëncia. Se fizermos um músico por semana, vou gravar daqui umas quatro semanas! Tempo suficiente para preparar para o grande dia…

Aproveitam para inscrever-se em nosso canal do youtube, onde estaremos sempre publicando todas as novidades sobre nosso projeto! www.youtube.com/c/osgringosbanda

Se você gostou desta postagem, por favor, compartilhe com seus amigos!

Não esqueça de dar uma olhada em nossa página do Patreon, nosso novo plataforma onde estamos aumentando nosso projeto com a sua ajuda! https://www.patreon.com/gringosband

Ajudem a gente, inscrevendo-se em nosso mailing… http://bit.ly/osgringos-pt

Thanks for reading.

João @ The Little Big America Studio of Os Gringos
Itajubá, Minas Gerais
22.05.2019